Quarta-feira, Agosto 23, 2017
Algarve

Algarve

Booking.com

Com as suas praias espectaculares e enseadas rochosas, não é de estranhar que para muitos o Algarve é a região mais popular de Portugal.

Isto levou inevitavelmente a alguma massificação em termos de desenvolvimento turístico. Os segmentos da costa de Faro a oeste de Albufeira foram as zonas que mais sofreram do turismo massificado.

Mas, pelo menos, as instalações são de primeira qualidade, assim como são as praias. Noutras partes do Algarve, especialmente em torno de Sagres e Tavira, os arredores são muito atraentes, com resorts localizados perto de soberbas praias ou ilhas formadas de bancos de areia.

 

Faro

Faro

Com um aeroporto internacional, centro comercial, Faro dá a sensação duma grande cidade. No entanto, a área central é relativamente pequena, ostentando um atraente...

Ao arredor de Faro (Estói e São Brás de Alportel)

O principal motivo para uma visita a Estói, no entanto, é o local Romano de Milreu. Conhecida pelos romanos como Ossonoba, esta cidade antecede a de Faro...

Olhão e arredores

A cidade velha, em grande parte pedonal, é polvilhada com alguns edifícios com fachada de azulejos e peculiares bares. As ruas estreitas...

O litoral algargio na verdade tem duas características distintas:

1. A oeste de Faro encontrará as imagens clássicas de promoção turística – ou seja, uma série de pequenas baías e enseadas, ladeadas por formações rochosas.

São fantásticas em torno das cidades e vilas ao redor de Lagos, Armação de Pêra e Albufeira, com atraentes resorts e antigas aldeias de pesca de Salema ou Burgau, e a histórica cidade de Sagres.

Para oeste, em Odeceixe, encontrámos fantásticas praias mais “selvagens”.

A Oeste de Faro

Albufeira e arredores

Albufeira está no topo da lista de destinos turísticos no Algarve - com casas caiadas de branco cruzando as altas falésias de belas praias...

2.

A Leste de Faro, há uma mudança completa, encontra a primeira duma série de ilhotas praticamente todo o caminho até à fronteira espanhola.

Os resorts aqui têm uma sensação mais portuguesa, e a escolha natural incidirá naturalmente sobre Faro – capital da região – Olhão, Fuzeta ou Tavira, que oferecem acesso a ilhas.

A Leste de Faro

Tavira e arredores

Tavira é uma das mais belas cidades do Algarve e uma aposta vencedora se procura uma base tranquila com uma bela praia, na Ilha de...

O interior do Algarve é ainda relativamente pouco desenvolvido, especialmente em torno de Alcoutim, perto da fronteira espanhola, e há outras atrações espalhadas nas ruínas romanas de Estói e da cidade de Loulé, tanto a norte de Faro, e da velha cidade moura de Silves, facilmente alcançada a partir Portimão.

A Serra de Monchique é uma área excepcional, a maior cadeia de montanhas no sul, com sobreiros e castanheiros, remotas pequenas aldeias e uma bela cidade spa – Caldas de Monchique.

O Algarve é um destino turístico para todo o ano, e em muitos aspectos, a região está no seu melhor na primavera ou no inverno, quando o sol ainda está quente e há menos visitantes.

Na verdade, fora da temporada de verão, poderá encontrará das melhores ofertas no país, com hotéis de luxo oferecendo pacotes com descontos até setenta por cento. Mas se vem no alto verão, reserve antecipadamente, pois procurar alojamento pode ser uma verdadeira luta, embora quase sempre encontra algo.

É essencial reservar com antecedência se quiser ficar num estabelecimento particular, e também deve estar preparado para preços elevados de verão em relação ao restante país.

Deslocar-se aqui por transporte público é mais fácil do que em qualquer outro lugar de Portugal e, uma vez que o litoral é apenas 240 km de comprimento de leste a oeste, pode ver muito em apenas alguns dias.

A linha ferroviária (www.cp.pt) vai de Lagos a oeste até Vila Real de Santo António, no limite da fronteira espanhola, passando pela maioria das grandes cidades (pode ter que mudar em Tunes, Faro ou Tavira, dependendo do seu destino); enquanto os autocarros ligam todos os resorts e principais aldeias do interior.

Com um carro, vai ser capaz de atingir as mais inóspitas aldeias do interior e as mais inacessíveis enseadas.

A principal A22 auto-estrada de Lagos até à fronteira espanhola permite um acesso fácil e rápido a toda a região.