Portugal Algarve Ao arredor de Faro (Estói e São Brás de Alportel)

Ao arredor de Faro (Estói e São Brás de Alportel)

Autocarros regulares pecorrem a viagem de 11 km (vinte minutos) para Estói, a norte de Faro, que consiste basicamente duma rua principal, uma pequena praça e uma pequena igreja branca.

O autocarros vai deixá-lo na praça, donde facilmente encontra o encantador Palácio do Visconde de Estói –  uma versão diminuta do palácio rococó de Queluz perto de Lisboa.

Actualmente convertido numa pousada (www.pousadas.pt), mas está aberto ao público, onde poderá ver os terraços, azulejos espectaculares e plantas tropicais.


  • Coordenadas:37.0968,-7.89527

O principal motivo para uma visita a Estói, no entanto, é o local Romano de Milreu, caminhada  de dez minutos da praça.

Conhecida pelos romanos como Ossonoba, esta cidade antecede a de Faro – que foi habitada desde o segundo século até ao sexto depois de Cristo.

  • Coordenadas:37.094826,-7.904566

As ruínas sobreviventes estão associados a uma villa peristilo – uma galeria de colunas em torno de um pátio – e dominada pela abside de um templo, que foi convertido numa basílica cristã no terceiro século.

Os outros restos reconhecíveis do complexo da vila, são seus mosaicos de peixe fragmentados, e o apoditério. Foi abandonada no século VIII, data após a qual os mouros fundaram a cidade de Faro, mais a sul.

São Brás de Alportel

  • Coordenadas:37.153028,-7.888686

A sete quilómetros para norte de Estói, a principal razão para visitar  São Brás de Alportel é o seu grande museu.

Os autocarros param na praça principal e, na Rua Doutor José Dias Sancho encontra o Museu Etnográfico do Trajo Algarvio, alojado num palacete do século XIX.

  • Coordenadas:37.152672,-7.88589

Os corredores do museu estão cheios de trajes tradicionais. No próprio pátio pode andar num poço tradicional, parcialmente escavado.

A partir do museu, ao cortar para a Rua Nova de Fonte ao Jardim da Verbena,  encontra um maravilhoso jardim pequeno com uma piscina ao ar livre.

A oeste daqui encontra as ruas estreitas da parte mais antiga do povoamento, agrupado em volta da Igreja Matriz, donde há uma vista linda sobre os vales circundantes.

Não há muito motivos para se hospedar aqui, mas terá na Residencial São Brás, ao lado da praça na Rua Luís Bivar 27, uma boa opção.

No entanto, há muitas razões para ficar na confortável Pousada de São Brás (www.pousadas.pt) a poucos quilómetros a norte.

As vistas são esplêndidas dos seus quartos confortáveis, e há uma piscina, campos de ténis, sala de jogos e um restaurante (caro – reservar é essencial no verão).

Restaurantes na cidade são escassos, mas experimente o Savoy, após a Residencial São Brás, que oferece culinária internacional e um menu infantil. Há também uma abundância de cafés e bares à volta da praça principal.