Alentejo Alentejo Central Arraiolos

Arraiolos

Arraiolos, a 21 km norte de Évora, é famoso pelos soberbos tapetes feitos à mão desde o século XIII – valorizados durante séculos e decoram os interiores dos melhores palácios em Portugal – criações exuberantes do século XVIII estão penduradas nas paredes do Palácio de Queluz, perto de Lisboa e Sintra.

  • Coordenadas: 38.72321,-7.987751

Perto pode visitar, para Sudoeste, Montemor-O-Novo (20 minutos pela N4), Évora para sul- a 20 minutos de carro (pela R114-4 e N370). Setúbal fica a uma hora de Arraiolos (pela N6).

Estremoz fica a 40 minutos (para Nordeste pela N4), e Vila Viçosa a 1 hora de carro pela N4 (para Este).

Arraiolos é um povoamento bonito com casas caiadas de branco, belas igrejas praça e central com um Pelourinho do século XVI, No topo, um castelo do século XIV – dos poucos com planta circular.

Castelo de Arraiolos

  • Coordenadas:  38.725205, -7.987772

Muito antes dos tapetes, havia o castelo de Arraiolos, um castelo muito antigo – a construção foi ordenada no século XIV, pelo Rei Dom Dinis, com um grande muralha circular, que abraçava o povoado de moradores que faziam vinhas.

No Paço residia o Conde de Arraiolos, assim como mais tarde o Condestável Nuno Álvares Pereira, e daqui muitas expedições suas partiram contra Castela.

Igreja do Salvador

  • Coordenadas: 38.725768, -7.988035

A igreja mais antiga de Arraiolos, dentro das muralhas, a Igreja do Salvador, começou por ser uma pequena igreja românica fundada no século XIII, no tempo de Dom Afonso II – Arraiolos ainda nem tinha muralhas.

A igreja é completamente transformada no século XVI, e o Salvador (Jesus Cristo) é representado de uma forma profundamente dramática na figura do Senhor Jesus dos Passos.

Igreja Nossa Senhora dos Mártires

Igreja Matriz de Arraiolos
  • Coordenadas: 38.723208, -7.988085

Descendo do Castelo até à Igreja Matriz são 5 minutos a pé, perto da Rua do Bairro Serpa pinto, erguida sobre um edifício religioso do século XIV, a igreja actual, de estilo barroco-rococó, foi erguida no século XVIII com o nome de Igreja Nossa Senhora dos Mártires. Abre ao Domingo depois das dez e meia da manhã.

Igreja da Misericórdia

  • Coordenadas:  38.725049, -7.984697

São cerca de cinco minutos a pé pela Rua Melo Mexia até chegar à outra Igreja de Arraiolos, a Igreja da Misericórdia, já no centro da vila, erguida no fim do século XVI, em estilo barroco, com o seu interior revestido de painéis de azulejos do século XVIII.

A cerca de 100 metros da igreja, fica a Praça do Município, lugar ideal para descansar numa esplanada. Já depois do ano 2000, fizeram o pavimento da praça do município, e descobriram que por todo o largo buracos profundos – calcula-se que na sua totalidade seriam duzentos – é possível que usados para a tinta para o qual se tingiam as lãs.

As câmaras de corante, com 500 anos de idade, estão preservadas sob o vidro na Praça do Município, que fica a 100 metros da igreja.

Praça do Município
  • Coordenadas: 38.725319, -7.984775

Situado na Praça do Município fica também o manuelino Pelourinho de Arraiolos, com a coluna de mármore branco de Estremoz, do século XVI, assume-se que na sequência do segundo foral de Arraiolos.

Pelourinho de Arraiolos
  • Coordenadas: 38.725771, -7.984328

Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos

Mesmo ao lado do Pelourinho de Arraiolos, o Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos situa-se no antigo Hospital do Espírito Santo (fins do século XVI e ainda mantém a sua porta manuelina) – o espaço ideal para aprender a história dos tapetes de Arraiolos, conhecer o seu património histórico e etnográfico.
  • Coordenadas: 38.725820, -7.984422
Para os entusiastas de tapeçaria, Arraiolos é um sonho. Os melhores são, de facto caros, mas muito menos que noutros lugares de igual qualidade.

Convento de Lóios

  • Coordenadas:38.73175,-7.98925

No sítio onde era o Palácio do primeiro Conde de Arraiolos, o local foi doado, mais tarde, para ser um convento para os frades Lóios. O Convento de Lóios foi instituído no século XVI – a porta bonita ainda é obra do Rei Dom João III, ainda manuelina, mas o belo claustro já foi feito pelo quarto Duque de Bragança, num estilo de renascimento já tardio.

Durante muito tempo o convento esteve abandonado, mas no passado recente foi requalificado como pousada – Pousada da Nossa Senhora da Assunção. Visitantes são tentados a ficar mais tempo (www.pousadas.pt) – fica cerca de 1 km Norte, fora da cidade,  pela rua das Alcaçarias e Travessa dos Moleiros.

Monte da Ravasqueira

Do centro da vila ao Monte da Ravasqueira, são cerca de 8 minutos pela N370, para Noroeste. É um belo espaço, da família José de Mello, com cerca de três mil hectares e proporciona com grandes vistas sobre as vinhas.

Pode visitar a Adega e usufruir duma degustação para escolher os vinhos que quer comprar e do interessante museu de coches do monte.

  • Coordenadas: 38.746459, -8.007845

O que visitar perto:

Montemor-O-Novo

Vale a pena exporar a parte velha, encimada por um castelo onde Vasco da Gama finalizou os seus planos para o caminho marítimo para a Índia

Évora

Évora é uma das cidades mais impressionantes e agradáveis em Portugal, recheada de monumentos memoráveis sob protecção da UNESCO. Com um templo romano, ruas mouriscas, um circuito de muralhas medievais e um grandioso conjunto de mansões do século XVI.

Estremoz

Estremoz é certamente a melhor base para explorar esta região de mármore, por causa do número e qualidade de alojamentos e restaurantes. O palácio de Dom Dinis é agora uma pousada