Área Metropolitana de Lisboa Lisboa O Castelo de São Jorge e arredores

O Castelo de São Jorge e arredores

 

  • Coordenadas:38.709879,-9.132584

Imponente sob uma encosta com vista para a Baixa Sé de Lisboa, do século XII comemora a conquista da cidade de Lisboa aos Mouros. Tem uma aparência adequadamente de fortaleza, semelhante à de Coimbra, e ocupa o local da antiga mesquita da cidade moura Lishbuna.

As torres gémeas formam uma fachada simples e eficaz. O edifício foi outrora embelezado sob as ordens de Dom João V (século XVII), mas os caprichos Rococó foram removidos pelo terramoto e por subsequentes restaurações.

Precisa de comprar um bilhete para aceder ao seu museu de tesouros, com o corpo de São Vicente. Este foi trazido para Lisboa do Cabo de São Vicente, numa altura em que Algarve era uma região moura.

Foi uma promessa de Dom Afonso Henriques, pela conquista da Cidade de Lisboa. São Vicente foi um mártir cristão do século IV, que por recusar-se a idolatrar outras divindades acabou por ser torturado e morrer.

Segundo a lenda, a viagem foi acompanhada por dois corvos, que o ajudaram a descortinar a localização do corpo de S. Vicente no Algarve. São Vicente tornou-se padroeiro de Lisboa, antes de Santo António, o padroeiro popular de Lisboa.

Tesouro da Sé

Aproveite para aceder ao belo claustro do século XIII.

De frente para a Sé, encontra a igreja de Santo António construída no local donde nasceu o outro padroeiro da cidade. Sua vida é narrada no museu vizinho.

Santo António conhece pessoalmente São Francisco de Assis em Itália, e tornou-se um membro incomparável na sua Ordem, nomeado pregador e professor da Teologia dos Franciscanos. Passado apenas dez meses da sua morte, foi canonizado. Em Itália, a Basílica de Pádua e toda a cidade lhe está consagrada.

  • Coordenadas: 38.709985,-9.1340557