Madeira Funchal Leste de Funchal e a Zona Velha

Leste de Funchal e a Zona Velha

 

Na área imediatamente a leste do centro de Funchal encontra grande parte das ruas comerciais, contendo um par de locais notáveis nomeadamente o Museu de Franco, dedicado à obra de dois artistas locais.

Mais a leste, o Mercado dos Lavradores, é um dos pontos mais característicos e marca o início da Zona Velha, com seus bares, restaurantes e ruas atmosféricas. Numa subida íngreme encontra três magníficos jardins.

Praça do Carmo

Praça do Carmo

  • Coordenadas:32.650261,-16.906438

Uma atraente praça cheia de mesas de café ao ar livre, rodeada por um labirinto de estreitas ruas pedonais.

Encontra a sua bonita Igreja do Carmo, barroca do século XVIII, com alguns interessantes azulejos e o túmulo do Conde de Carvalhal, o proprietário original da Quinta do Palheiro Ferreiro.

Mercado dos Lavradores

  • Coordenadas:32.648642,-16.903881

Com a entrada principal no Largo dos Lavradores, é um vibrante mercado no Funchal, com uma grande variedade e colorida de peixes, frutas exóticas e artesanato local.

Dentro de um edifício amarelo foi projetado por Edmundo Tavares em 1930, um dos arquitetos mais conhecidos de Portugal no século XX.

Muito do seu apelo está no ar teatral emprestado pelas arcadas, repleta de compradores olhando para a atividade no pátio central abaixo.

Museu de Electricidade

  • Coordenadas:32.647762,-16.904245

Situado na antiga Estação Central de Energia, o Museu de Electricidade é um museu que traça a história da energia elétrica e iluminação na Madeira com mostradores, geradores, fotos, ilustrações e lâmpadas de rua.

Zona Velha

Zona Velha

Uma área atmosférica de ruas, pontilhadas por árvores de floração mimosa, antigas casas de pescadores algumas datam da colonização do Funchal, no século XV.

Embora cheia de restaurantes orientados para os turistas, a população é predominantemente da classe trabalhadora.

O ponto focal da área é o Largo do Corpo Santo, num lado fica a pequena Capela do Corpo Santo, uma das capelas mais antigas da ilha, que data do século XVI, e dedicada a São Pedro, a padroeira dos pescadores.

Forte de São Tiago e Museu

Forte de São Tiago e Museu

  • Coordenadas:32.646633,-16.898609

Situado num pequeno afloramento rochoso com vista para o mar encontra o Forte de São Tiago. Construído em 1614 para defender a cidade de ataques piratas.

Em 1803, o forte foi novamente ocupado quando se tornou um abrigo temporário para os milhares de moradores que ficaram desabrigados pelas enchentes devastadoras que atingiram a capital.

Abriga agora um par de museus. Com vista para o pátio está o quarto militar, contendo uma pequena coleção de mapas militares, ilustrações e armas.

Praia de São Tiago

Praia de São Tiago
Praia de São Tiago

Uma pequena praia rochosa. Os moradores nadam no verão, e usam o terraço para se bronzear. Há também um pequeno café-quiosque sazonal servindo cervejas geladas.

Na Rua de Santa Maria. Do século XVII, a  Igreja barroca é uma das igrejas mais atraentes da cidade.

Também conhecida como Igreja de São Tiago ou Socorro, foi construída no local duma capela anterior. Há ainda uma procissão a cada 1 de maio, em honra das vítimas da peste.

Jardim Botânico e Museu de História Natural

Jardim Botânico e Museu de História Natural - Interior

  • Coordenadas:32.649394,-16.912333

O Jardim Botânico, no Caminho do Meio, é constituído por uma série bosques e grutas, ideal para uma caminhada ou um piquenique.

Além disso, os pontos de vista sobre a cidade são imperdíveis. Os terrenos eram parte de uma propriedade privada, a Quinta do Bom Sucesso, de propriedade da família Reid.

Os jardins contêm cerca de 2000 espécies de plantas exóticas dos cinco continentes – embora a maioria das plantas são indígenas dos Açores, Cabo Verde ou das Canárias.

Perto da entrada do parque encontra o Museu de História Natural, uma coleção bastante singular de peixe em conserva, pássaros empalhados, mamíferos e fósseis da ilha.

 

Jardim Orquídea

Jardim Orquídea

  • Coordenadas:32.660402,-16.897816

Rua Pita da Silva 37. O Jardim Orquídea contém cerca de 50.000 plantas com cerca de 4000 variedades de orquídeas.

A principal época é de novembro a abril, embora geralmente há espécies em flor noutras alturas.

Quinta da Boa Vista

Quinta da Boa Vista

  • Coordenadas:32.652662,-16.895261

Do século XVIII, de propriedade do ex-cônsul britânico honorário para a Madeira e contém uma das coleções mais importantes de orquídeas na Madeira, com espécies raras. Logo abaixo às  casas de orquídeas há uma linda área de relvado com mesas e cadeiras.