Área Metropolitana de Lisboa Lisboa Av. da Liberdade, Parque Eduardo VII e arredores (Lisboa)

Av. da Liberdade, Parque Eduardo VII e arredores (Lisboa)

  • Coordenadas: 38.742437,-9.146009

Construído em 1892, a Praça de Touros do Campo Pequeno é uma impressionante praça em estilo mourisco com assentos para nove mil espetadores (estação de metro Campo Pequeno – linha amarela).

A tourada Portuguesa não é tão comum, nem famosa como a espanhola, mas como espetáculo é marginalmente preferível, visto que o touro não é morto no ringue.  Debaixo dela encontra um shopping subterrâneo, lojas, restaurantes e salas de cinema.

  • Coordenadas: 38.737411,-9.154713

A Fundação Calouste Gulbenkian é o grande centro cultural de Portugal, caminhada de cinco minutos da Praça de Touro, pela Avenida de Berna.

A fundação apresenta um museu cujas coleções apresentam todas as grandes fases da arte oriental e ocidental – escaravelhos egípcios a joias Art Nouveau, têxteis islâmicos a quadros impressionistas.

Num prédio separado, frente ao parque, o Centro de Arte Moderna concentra grande parte das obras portuguesas, na maioria do século XX. Todas as principais exposições do museu foram adquiridas por um homem, magnata de petróleo (Calouste Gulbenkian).

Hoje a Fundação Gulbenkian dirige uma orquestra, três salas de concerto e duas galerias. Financia o trabalho em todas as esferas da vida cultural Portuguesa –  e patrocina uma vasta gama de projetos.

Também pode chegar à entrada principal do complexo, na Avenida de Berna, através do autocarro 731 ou 746 a partir de Restauradores, ou pelo metro de São Sebastião.

Museu Gulbenkian

Museu Gulbenkian

Cada conjunto temático no Museu Gulbenkian (www.gulbenkian.pt) contém pedaços de interesse e beleza individual – e pode descansar no café-bar junto aos seus jardins.

Deve visitar todo o conteúdo da pequena sala egípcia, que abrange quase todos os períodos de importância do Reino Antigo (2700 antes de Cristo) até ao período romano. Particularmente notável são os gatos de bronze (século VI-VII antes de Cristo).

De seguida surgem belas estátuas romanas, joias de ouro, com moedas da Grécia antiga. Mesopotâmia produziu as primeiras formas de escrita, e dois selos cilíndricos – que data antes de 2500 Antes de Cristo.

Artes islâmicas estão magnificamente representadas por textos ornamentados, tapetes opulentos, lâmpadas do século XIV da Síria e azulejos turcos.

Estes são seguidos por cerâmicas da Arménia, porcelana da China, e belas gravuras japonesas.

Tem representado as principais escolas europeias; da Flandres do século XV, há um par de painéis de Van der Weyden. A coleção do século XVII contém a Figura de um ancião de Rembrandt – além de obras de Van Dyck e Ruisdael. Obras do século XVIII incluem Corot, Manet, Monet, Degas e Renoir.

Centro de Arte Moderna

  • Coordenadas: 38.735654, -9.154068

O centro de arte moderna abraça a maioria dos grandes nomes portugueses do século XX, incluindo painéis a preto e branco por Almada Negreiros (1873 – 1970).

Fundador do modernismo (o seu autorretrato encontra-se no café A Brasileira); cores futuristas brilhantes de Amadeu de Sousa Cardoso e Paula Rego.

A poucos minutos do centro de arte moderna poderá tomar uma refeição no restaurante do centro comercial El Corte Inglês ou fazer algumas compras (Metro São Sebastião).

  • Coordenadas: 38.733841,-9.153821