Açores Grupo Central Ilha da Graciosa (Açores)

Ilha da Graciosa (Açores)

Caldeira e a Furna do Enxofre

  • Coordenadas:39.025908,-27.97246

Da Praia, são 4 km para sul percorrendo pequenos prados com vacas e pela floresta criptoméria. Sobre as encostas íngremes que se encerram para o céu, até que a estrada bifurca, para a esquerda para um local de piquenique, para direita para a entrada da Furna do Enxofre, bem no interior da Caldeira da Graciosa de origem vulcânica.

Quando entra na caldeira, a partir do túnel, é confrontado com a dramática paisagem. No Centro de Visitantes da Furna do Enxofre será informado da vulcanologia da Graciosa, especialmente associados com a caldeira e a furna do enxofre.

  • Coordenadas: 39.024865, -27.971646

Para aceder à gruta, desce uma escada em espiral de 183 degraus até ao chão da caverna, onde se estende uma lagoa de água fria.

Inaugurada em 30 de julho de 1939, a atual escadaria é uma grande melhoria à descida por corda feita por príncipe Alberto I de Mónaco e o açoriano Francisco Afonso Chaves – dois homens de origem distinta, mas unidos por aventuras em nome das ciências.

Francisco Chaves fora educado para ser militar, mas era fascinado pelas ciências naturais e o seu domínio impressionou o príncipe – com tempo tornaram-se amigos.

É um maravilhoso trilho (cerca de 10 km – 3 horas) na periferia da cadeira, de boa sinalética e de acesso fácil, que se inicia na estrada de acesso à caldeira, próximo da Canada Longa.

Na 1.ª birfurcação opta pelo lado direito para passar à volta dum grande tubo lávico, a Furna do Abel. Não tarda a ficar rodeado pela floresta endémica, enquanto circula a caldeira, passando pela gruta Furna Encantada e o miradouro do interior da caldeira.

No seu percurso terá belas e emocionantes vistas da ilha graciosa, e em dias claros, doutras ilhas do grupo central. O trilho termina na escadaria de acesso à Furna de Enxofre, donde encontra o Centro de Visitante.

 

  • Coordenadas: 39.014334, -27.955248

A cerca de 8 km, para Sul, fica uma elevação conhecida como Ponta da Restinga, delicioso mirante sobre o mar cintilante e o Ilhéu de Baixo, e com sorte a ilha Terceira. O ilhéu tem apenas nove hectares, mas vital refúgio para as aves marinhas.

Farol do Carapacho
Farol do Carapacho

Na Ponta da Restinga fica o Farol do Carapacho (também conhecido como Farol da Ponta da Restinga), meados do século XX, a cerca de 190 metros acima do nível do mar, semelhante ao Farol de Rosais em São Jorge, mas de menores proporções.

 

  • Coordenadas: 39.012588, -27.959263

Desce de carro a ponta da restinga até à bela baía sudoeste da ilha da Graciosa, Carapacho no lugar da freguesia da Luz (localmente conhecida como Sul); um importante local de veraneio, particularmente popular pelas suas termas.

Desde fins do século XVIII que as Termas de Carapacho são usadas no tratamento de doenças reumáticas, da pele, através de banhos de imersão de água termal (com temperaturas à volta de 35-40 °C, ricas em magnésio e sódio).

Além dos tratamentos, a estância oferece serviços de spa com água termal. A cerca de 250 metros tem um restaurante típico, especializado em peixe e frutos de mar, na proximidade tem a Baía da Poça, excelente baía como local de mergulho.