Portugal Madeira Ilha da Madeira

Ilha da Madeira

  • Coordenadas: 32.805233, -16.881841

A 1 hora de São Vicente fica Santana com as suas típicas casas triangulares de telhados de colmo – das imagem mais conhecidas da Madeira. Situa-se numa das áreas mais férteis da Madeira: ricas em figos, amoras, ameixas e kiwi.

A vila se estende ao longo da estrada da costa, com praças cuidadas e uma igreja bonita (século XVII) com um retábulo de telha dourada. A 1 km do centro encontra o Parque Temático da Madeira, 7 hectares de jardins com pavilhões que retratam a Madeira e a vida na ilha.

Há espaço para as crianças, um lago, cafés e lojas, parque infantil, moinho de água e um comboio terrestre. A parte mais interessante para adultos é o artesanato.

 

  • Coordenadas: 32.783606, -16.906026

No interior de Santana fica o Parque das Queimadas, uma encantadora área florestal (em parte floresta Laurissilva). Uma íngreme estrada leva-o à Casa de Abrigo das Queimadas, que marca o início da Levada do Caldeirão Verde – percurso de 13 km (ida e volta – dura 5:30) até ao anfiteatro natural com a rocha coberta de musgo – Caldeirão Verde.

 

  • Coordenadas: 32.738963, -16.887248

No interior da ilha, a meio caminho entre a costa norte e a sul, fica Ribeiro Frio – um vale isolado. Recebe pouco sol, mas, issonão impede as hortênsias e as orquídeas de colorirem os jardins que envolvem a fazenda de trutas.

A floresta é o pano de fundo para caminhadas emocionantes: a mais popular é a Vereda dos Balcões (1,5 km – cerca de 1:30 hora) até ao Miradouro dos Balcões com vistas deslumbrantes sobre os altos picos da ilha.

A cerca de 10 km do Ribeiro Frio fica o 3.º ponto mais alto da Madeira (1810 metros) que é muito popular. Deve partir cedo, ou no final da tarde, se quiser evitar multidões.

  • Coordenadas: 32.735648, -16.928603

Os pontos de vista do Miradouro do Pico do Arieiro são surpreendentes – por vezes ambas costas estão visíveis.

Perto do Miradouro fica o início dum dos passeios mais interessantes na ilha, a PR1 Vereda do Arieiro, que liga 2 dos picos mais altos da ilha (Pico Ruivo e Pico Arieiro – uma caminhada de 7 km. Uma boa opção é caminhar apenas a 1.ª secção do percurso até ao Miradouro do Ninho da Manta (50 minutos, ida e volta).

 

  • Coordenadas: 32.749259, -16.706715

O extremo nordeste tem uma sensação diferente do resto da ilha. A paisagem é parecida com as Ilhas Desertas: catos e cardos ao pé do belo Miradouro da Ponta do Rosto sob as dramáticas falésias.

A estrada termina no parque de estacionamento que é o início do trilho até à ponta da península (3 horas – ida e volta). O caminho se divide, para baixo para uma linda praia de calhaus; e para a esquerda para um belo ponto de vista da costa.

Ao continuar pela esquera, acaba por chegar à área mais estreita do promontório, até ao centro de receção – Casa do Sardinha. A partir daqui é só cerca de meia hora até à Ponta do Furado com um belo panorama para os ilhéus da Cevada e de Farol.

 

  • Coordenadas: 32.723919, -16.758541

O estreito de Machico, fica a 14 km da Ponta de São Lourenço. Na sua baía desembarcou os primeiros portugueses, muitos deles endurecidos por ações militares ordenadas pelo Infante Dom Henrique, e irmãos, na costa marroquina.

No lado este da Baía de Machico encontra o Miradouro do Pico do Facho – pico de 320 metros outrora utilizado para dar o alerta da presença de corsários. Este passado é relembrado no último domingo de agosto, quando uma fogueira é acesa, durante a Festa do Santíssimo Sacramento.

 

  • Coordenadas: 32.719100, -16.764172

No centro da cidade de machico encontra a Capela do Senhor dos Milagres que marca o local donde foi celebrada a primeira Missa na ilha. À beira-mar de Machico existem alguns cafés e, na maré baixa, o mar revela uma estreita faixa de areia, a Praia da Banda Além ao pé do Porto de Recreio.