Açores Grupo Central Ilha do Faial (Açores)

Ilha do Faial (Açores)

Jardim Botânico do Faial

  • Coordenadas:38.55084,-28.639224

A cerca de quatro quilómetros do centro (para Nordeste), fica o bonito Jardim Botânico do Faial.

Fundado em 1986, numa antiga exploração agrícola, o jardim é dedicado às plantas endémicas e indígenas do arquipélago, com leves colinas e um barranco cheio de samambaias. É uma área protegida de ventos por sebes magníficas.

O Jardim fica na freguesia Flamengos, que está ligada à instalação dos homens originários de Flandres que vieram com Joss van Hürter – o 1.º capitão do donatário (o donatário era o Duque de Viseu após a morte do Infante Dom Henrique em 1460).

O Joss van Hürter foi cavaleiro da Casa do Duque de Viseu, que era o Mestre da Ordem de Cristo – a ordem sucessora dos Templários em Portugal.

Freguesia de Flamengos

Os cidadãos de origem faialense com apelido Goulart, Silveira ou Brum têm uma relação com os flamengos.

O faialense Manuel de Arriaga (Brum da Silveira e Peyrelongue), primeiro presidente eleito da república portuguesa, descendia dum dos primeiros povoadores flamengos – o Joss van Aertrijcke.

Manuel de Arriaga

Todas as ilhas açorianas têm uma grande devoção às Festas do Divino Espírito Santo, mas uma característica do Faial (e de São Jorge) é a bandeira do Espírito Santo com uma flor-de-lis nos quatro cantos (evocação à herança flamenga).

Festa do Espírito Santo

Até ao século XVI, a Festa do Espírito Santo era popular em todo o território português, tendo o seu epicentro Tomar, a sede da Ordem de Cristo. Por algum tempo, a inquisição considerou-a uma heresia, mas aqui nos Açores, terras isoladas, o culto manteve-se sempre.

 

  • Coordenadas: 38.549069, -28.624628  

A cerca de 2 km para Este, encontra o Miradouro do Pilar, com amplas vistas para a cidade e ilha do Pico.

Muito perto, cerca de 1 km, na rua General Humberto Delgado, avista três Moinhos de Vento da Lomba da Conceição, século XIX-XX – com clara influência do Norte da Europa.

Moinhos de Vento da Lomba da Conceição
  •  Coordenadas: 38.551348, -28.623843 

Descendo em direção ao mar, a cerca de 1 km, encontra o Miradouro de Nossa Senhora da Conceição, com uma paisagem de cortar a respiração da cidade envolvida por paisagens pastorais, da ilha do PicoSão Jorge.

  • Coordenadas: 38.547870, -28.616243  

No miradouro encontra a estátua de mármore (três metros de altura) da Nossa Senhora da Conceição, junto a uma cruz de 30 metros – meados do século XX.

 

  • Coordenadas: 38.545883,-28.604557

Continuando a descer em direção ao mar, não tarde a chegar ao promontório que domina o norte da cidade – o Morro da Espalamaca, cujo nome é uma derivação do flamengo Speldemaker, de belas vistas sobre a cidade.

Devido à sua posição estratégica foi criada, durante a II Guerra Mundial, a Bateria da Costa de Espalamaca que foi desativada durante a década de 70.

Lentamente a bateria está a ser conquistada pela natureza. Para norte encontra dos vales mais bonitos da ilha; casas com jardins encantadores e, nos últimos anos, vários restaurantes.

 

  • Coordenadas: 38.554415, -28.609740

A cerca de 4 km para Norte, fica a bela Praia do Almoxarife de areia cizenta – com balneários e parque de campismo na proximidade.

No verão é o local donde se reúnem famílias e relaxam sob a bela vista da ilha do Pico – é realmente um lugar encantador.

Foi aqui que desembarcou Joss van Hürter (1466), com 15 flamengos à procura de minas de estanho e de prata – nisso estava condenado ao fracasso, pois, foi vítima de informação incorreta.

Mais tarde os flamengos introduziram a cultura do pastel – planta parecida com a alface da qual se extraia uma tinta azul usada na Europa medieval para o tingimento.