Início Portugal Área Metropolitana de Lisboa Sesimbra

Sesimbra

Castelo de Sesimbra

  • Coordenadas: 38.452609, -9.106899

Dos mais interessantes monumentos históricos é o Castelo de Sesimbra, construído pelos mouros (século IX). Era um importante local de controlo costeiro, entre al-Ksar (Álcacer do Sal) e Ulishbuna (Lisboa).

Foi tomado por Dom Afonso Henriques (1165) e, numa 1.ª fase, foi confiado a um conjunto de francos que aqui chegaram com a intenção de participar nas cruzadas.

No tempo do filho de Dom Afonso Henriques, Dom Sancho I, o califa almóada Abu Iúçufe Iacube Almançor quer recuperar terras perdidas e investe sobre o sul Portugal. O castelo é estrategicamente abandonado e arruinado pelos almóadas.

O atual castelo é do século XIII e foi entregue à importante Ordem de Santiago que não tinha por hábito retirar-se – foi essencial na expansão do reino Portugal até ao Algarve.

Cavaleiro de Santiago
Cavaleiro de Santiago

 

 

Igreja de Nossa Senhora do Castelo

As 5 torres e muralhas protegem a igreja de Santa Maria erguida no tempo de Dom Sancho I (século XII, mas reformada posteriormente) – decorada com belos azulejos do século XVII que nos convidam a um olhar mais atento.

  • Coordenadas: 38.451420, -9.107820

Quando chegamos ao século XV, tempo de Dom João II (Príncipe Perfeito), o alcaide do Castelo é Dom Guterre Coutinho que faz parte duma conspiração para matar o monarca.

O seu irmão, Dom Vasco, vem visitá-lo e Guterre confidencia-lhe o plano já arrependido do seu papel. Vasco Coutinho alerta o rei com a condição de que não mate o seu irmão – será feito Conde de Borba.

O filho de Vasco, João Coutinho, foi um corajoso capitão da Arzila portuguesa (atual Marrocos) – inclusive salvou o primo dum leão que matou só com uma lança. A sua nobreza era apreciada até pelos berberes oatácidas e árabes saadianos – Camões dedicou-lhe um soneto.

 

Pedreira do Avelino

  • Coordenadas: 38.454212, -9.123193

A 2,5 km para oeste não tarda a chegar ao Monumento Natural Pedreira do Avelino que nos revela pegadas que provam que há muito tempo um animado bando de dinossauros passou por aqui – provavelmente há mais de 140 milhões de anos.

Os vestígios mais antigos da humanidade em Sesimbra são do Homo Erectus – surgiu em África há cerca 2 milhões de anos; já andava de pé e com inteligência para fabricar instrumentos.

 

Parque Augusto Pólvora

  • Coordenadas: 38.471875, -9.087041

Para este, 5 km (10 minutos de carro), não tarda a chegar ao Parque Augusto Pólvora. Aqui passamos momentos maravilhosos em família, com várias áreas de descanso, mas também com espaços para os mais ativos – com parque infantil e áreas para desportos.

 

Convento de Arrábida – Setúbal

  • Coordenadas: 38.474380, -8.992961

Para este emerge a Serra da Arrábida – um gigante em beleza que se ergue a pique do mar cintilante. Em tempos passados inspirava a contemplação religiosa.

No século XVI, no seio da serra ergueu-se o Convento da Arrábida – a meia hora de carro do centro de Sesimbra. Antes da sua construção já existia o culto da Nossa Senhora da Arrábida.

Foi erguido a mando do Duque de Aveiro, João de Lencastre, que era filho do poderoso mestre de Santiago Dom Jorge de Lancastre (filho ilegítimo de Dom João II).

Pode conhecer os espaços onde os frades rezavam e dormiam, de forma estoica, sob pedra. Viveram aqui nomes conhecidos, como São Pedro de Alcântara ou Frei Agostinho da Cruz.

 

Miradouro Portinho da Arrábida – Setúbal

  • Coordenadas: 38.481317, -8.989321

São cinco tranquilos minutos de carro pela N379-1 até chegar ao esplêndido Miradouro Portinho da Arrábida, onde é confrontado com uma paisagem dramática – fascinante vista da Serra e do sereno oceano de cor turquesa. Em baixo, consegue descortinar a Praia do Creiro.

 

Praia do Creiro – Setúbal

  • Coordenadas: 38.480343, -8.977605

Ao descer a castiça estrada montanhosa, não tarda a encontrar a pequena baía de Portinho da Arrábida e a Praia do Creiro com vista para a Pedra da Anixa – a 250 metros da costa.

É um amplo areal, vigiado, com boas infraestruturas de apoio balnear (estacionamento pago). Se continuar para este, 500 metros, é brindado com mais magníficas praias, nomeadamente Galapinhos e Galápagos.