Portugal Alentejo Alvito (Alentejo)

Alvito (Alentejo)

  • Coordenadas: 38.239868,-8.045527

A 10 km sul de Viana do Alentejo e a quarenta minutos de carro de Beja (pela IP2) encontra Alvito, uma povoação de grandes encantos. Alvito é dominado pelo Castelo – agora Pousada.

O Barão de Alvito, João Fernandes da Silveira, foi o primeiro Barão em Portugal. Também foi o primeiro fidalgo que não era guerreiro – era funcionário do Rei, por isso os seus pares faziam troça quando, nas Festas da Corte, surgia com uma espada na cintura.

A falta de pedigree militar afetará a família. O seu filho Dom Diogo, 2.º Barão, constrói o Castelo e foi um grande diplomata que mal tinha tempo para visitar a sua construção.

O Castelo (construído em 1494) é uma construção híbrida curiosa – arte manuelina-mudéjar, um estilo também visto na Ermida de São Sebastião, na orla da cidade, donde há belas vistas das planícies cultivadas.

  • Coordenadas: 38.257862, -7.991999

Um dos filhos do 2.º Barão apaixona-se pela filha do Marquês de Vila Real, primo do Rei. O sentimento é mútuo, porém, ela provém das mais ilustres famílias portuguesas; o filho do Barão não pode prosseguir nas suas intenções – por ordem do Rei.

Contudo, após várias aventuras no norte de África acaba por surgir outra mulher que o cativa – é um casamento feliz, portanto, há males que vêm por bem. Quando chegamos ao 5.º Barão de Alvito, Dom Rodrigo Lobo da Silveira, este já é um fidalgo ensinado na arte da guerra desde pequeno.

Imaginem, vai com o Rei Dom Sebastião até Alcácer Quibir em Marrocos. Sob o peso das armaduras, num sol ardente, atravessam as terras áridas e acidentadas.

Muitos fidalgos estão exaustos quando avistam a nuvem de milhares e milhares de soldados muçulmanos que os esperam: composto pelo resistente exército sádida, os enraivecidos andaluzes expulsos de Espanha, e ainda com o apoio do império Otomano, aliados argelinos e tribos árabes.

Aquando da divulgação dos planos de posicionamento e de combate, muito fidalgos experientes pensam que o Rei propõe é, do ponto de vista estratégico, simplesmente um suicídio – para muitos tem zero hipóteses de sucesso, nenhuma hipótese. Preferem adiar a batalha ou retirar para Larache.

De modo que o 5.º Barão de Alvito vai ter com o confessor do Rei Dom Sebastião. Peça-lhe que lhe abra os olhos, que se for ele talvez o Rei perceba que deste martírio não virá nenhum mérito ou boa fortuna.

O 5.º Barão até chega a propor prender o Rei, porque um país de enorme valor e cultura não se pode afundar por causa dos devaneios de Um, mesmo que este seja o Rei. Quando percebe que é ignorado, afasta-se para rezar um Padre Nosso. Depois fecha o seu elmo e bate-se até ao fim. Naturalmente que foi um dos muitos mortos…

Neste episódio, Portugal perde a sua nata militar e a Espanha aproveitará para anexar, temporariamente, Portugal.

O Barão de Alvito vinha duma família gozada por não ter linhagem militar: porém, falava com honestidade, propõe o afastamento de quem não tem condições para liderar e, no fim, combate corajosamente. Com o tempo serão Marqueses, os da Silveira Quaresma, e vários deles terão honrosas carreiras militares.

Para além do Castelo, tem especial destaque muitas casas com janelas esculpidas do século XVI, e os jardins da cidade: o pequeno mercado e o Pelourinho típico na praça da República facilmente ocupam uma hora do seu tempo.

Praça da República
  • Coordenadas: 38.256971, -7.991914

Não há necessidade de ficar mais tempo, mas a Pousada do Castelo de Alvito (www.pousadas.pt) é certamente um lugar agradável e tranquilo. Se estiver lotada então a Hospedaria A Varanda, de frente para o castelo, é uma boa alternativa.

  • Coordenadas: 38.257170, -7.992240

A Horta da Lameira (www.hortadalameira.com), a 7 km muito perto da Vila Nova da Baronia tem quartos confortáveis e uma piscina.

  • Coordenadas: 38.262607, -8.047718

O centro de turismo no Largo do Relógio, atrás da Câmara Municipal, ao lado do mercado, pode-lhe apontar na direção de casas rurais.

Beja (Alentejo)

Na rota para o interior através do sul do Alentejo, Beja aparece como um oásis no meio dos campos de trigo. Com uma posição estratégica no centro das planícies...

Serpa (Alentejo)

Trinta quilómetros leste de Beja, na estrada para a Espanha, Serpa oferece as clássicas atracções alentejanas - um centro murado, castelo, ruas estreitas, casas caiadas e exuberantes jardins

Moura (Alentejo)

A cidade de Moura, a 29 km norte de Serpa, é altamente agrícola na periferia, mas com o centro cheio de grandes mansões e praças bonitas

Mértola e arredores (Alentejo)

Mértola fica situada no alto dum esporão acima da confluência de rios, neste caso Guadiana e Oeiras, e em altura está sempre presente as ruínas de um castelo mouro reutilizado após a conquista cristã

São Cucufate (Alentejo)

É, um local tranquilo e rural, envolto em jardins paisagísticos de alecrim, tomilho e lavanda, onde a história de três vilas romanas separadas foram reveladas