Portugal Madeira Área Ocidental da Ilha da Madeira

Área Ocidental da Ilha da Madeira

Muitos visitantes chegam ao Curral das Freiras através do novo túnel, mas vale a pena usar a estrada velha que passa pelo fantástico Miradouro do Curral das Freiras ao pé da Estalagem Eira do Serrado – de carro fica a 25 minutos do Funchal.

  • Coordenadas: 32.689223,-16.952053

Deixe o carro no parque de estacionamento ao lado da Estalagem Eira do Serrado e do miradouro terá vistas espetaculares para Curral das Freiras num enorme anfiteatro rodeado por picos imponentes.

De volta para a estrada esta serpenteia, cerca de 10 minutos de carro, até Curral das Freiras  – donde se refugiaram as freiras do Convento de Santa Clara (Funchal) depois do ataque de corsários franceses (1566).

Curral das Freiras
  • Coordenadas: 32.720320, -16.965374

Aqui a vida gira em torno dos cafés e bares na praça central que é cercada por um conjunto bonito de casas. Ao lado, fica a Igreja Nossa Senhora do Livramento, erguida no século XIX para substituir o templo que foi construído pelas freiras.

Das melhores alturas para vir aqui é durante a animada Festa da Castanha (1 e 2 de novembro).

  • Coordenadas: 32.647829, -16.975348

A 20 minutos do porto de Funchal, o centro da vila permanece pitoresco; tradicionais casas caiadas de branco e coloridos bares próximos do porto.  Quando João Gonçalves Zarco aqui chegou à baía de areia preta havia uma colónia de lobos marinhos (foca-monge).

É a partir desta altura que assina como João Gonçalves Zarco da Câmara de Lobos – e os seus descendentes irão manter o “da Câmara”. A 400 metros fica a Capela da Nossa Senhora da Conceição, a 2.ª mais antiga da ilha, com figuras do século XV.

  • Coordenadas: 32.648172, -16.975312

A poucos metros da capela, no Largo do Poço, fica o Bar Filhos do Mar, é O sítio certo para experimentar das bebidas mais tradicionais da Madeira – a Poncha.

  • Coordenadas: 32.648547, -16.975224

Os pescadores da vila inventaram a bebida para ganharem uma força extra que bem necessitavam no seu dia a dia. Tradicionalmente, contém aguardente de cana, sumo de limão e mel de cana de açúcar.

Outra bebida inventada em Câmara de Lobos, mas de gosto menos consensual, é a Nikita (vinho branco, cerveja branca, gelado de baunilha e açúcar – misturado até ficar cremoso).

Nikita

A poucos metros do Bar Filhos do Mar fica o Pestana Churchill Bay (rua Nossa Senhora da Conceição): hotel de 4 estrelas perto da pitoresca baía. Os quartos são confortáveis, com varandas que providenciam uma vista soberba – bom pequeno-almoço (buffet).

  • Coordenadas: 32.648201, -16.975304

Winston Churchill veio aqui muitas vezes para pintar o porto da vila.

Winston Churchil em Câmara de Lobos

A 5 minutos do Largo do Poço, no topo da Rua São João de Deus fica a Igreja de São Sebastião (século XV) que na fachada apresenta o brasão de Zarco.

  • Coordenadas: 32.648669, -16.977922

Certas partes da igreja datam do século XV, embora a maioria data do século XVIII – destaca-se o altar barroco, os lustres e o teto pintado de azul-céu com nuvens. A Praia do Vigário  fica a 100 metros e é um ótimo lugar para apreciar o fim do dia.

Praia do Vigário
Praia do Vigário
  • Coordenadas: 32.649017, -16.979760

Para chegar ao Estreito de Câmara de Lobos  são 10 minutos de carro, para oeste, passando por fantásticas vistas; é das áreas mais importantes na produção do vinho da Madeira.

  • Coordenadas: 32.657943, -17.002929

A vila ganha vida durante o Festival de Vinho da Madeira (de 25 de agosto a 1 de setembro) com a tradicional pisa do vinho.

Cortejo Etnográfico

Noutras alturas é tranquila – a sua igreja (Igreja de Nossa Senhora da Graça) data do século XIX e oferece vistas soberbas sobre os vales circundantes.

A cerca de 300 metros fica a falésia do Cabo Girão, das mais altas do mundo quase na vertical. João Gonçalves Zarco, na sua 1.ª exploração, fez aqui meia-volta (Girão) voltando para Funchal.

  • Coordenadas: 32.656657, -17.004561

Do Miradouro do Cabo do Girão olha, com algumas vertigens, para o mar abaixo e para as belas vistas em todas as direções. Os campos cultivados que vê no sopé, eram acedidas, no passado, usando cordas.

De frente para miradouro há um pequeno café, com um espaço de exposição sobre as falésias da área. A cerca de 200 metros encontra o Village Cabo Giro de 4 estrelas (Estrada 1 de Julho, 2): villas e apartamentos com varandas e terá acesso às piscinas interiores e exteriores. Os apartamentos incluem uma pequena kitchenette, uma sala e um quarto espaçoso.

  • Coordenadas: 32.658403, -17.003854

A cerca de 10 minutos do hotel, para norte, fica o Restaurante As Vides (rua da Achada), cuja especialidade é o bolo do caco e a Espetada de Carne (carne de lombo cortada aos cubos e temperada com sal, alho e louro) em pau de louro.

  • Coordenadas: 32.670798, -16.978803

O dono do restaurante é filho do fundador da Espetada da Madeira (meados do século XX) que são acompanhadas com batata frita, salada mista, milho frito em cubos e o bolo do Caco com manteiga de alho.

A cerca de 15 minutos (5 km) para Jardim da Serra no interior, encontra a Quinta da Serra, hotel de 5 estrelas (Estrada do Chote, 4). Os quartos são espaçosos de estilo rústico. É um ótimo para quem busca paz e um espaço de revitalização: com uma piscina interior e um centro de bem estar.

  • Coordenadas: 32.692883, -16.995800

A Levada do Norte fica  por perto – vai ver sinais a partir da estrada principal – a levada é um pequeno canal que direciona água do norte para o sul, do tipo introduzido pelos mouros na Al-Andalus – semelhante à acéquia levada pelos espanhóis para a América Latina.

  • Coordenadas: 32.667485, -17.005335

Proporciona uma fantástica caminhada coroada com vistas deslumbrantes. O percurso mais fácil é para sul: em direção ao Campanário (1 hora e 30 minutos) e a Quinta Grande (2 horas e 30 minutos).

  • Coordenadas: 32.657022, -17.021608

A sudoeste do Cabo Girão, 10 minutos pela estrada Padre António Dinis Henrique, encontra a Fajã dos Padres – com o seu próprio restaurante à beira-mar e uma bonita praia rochosa.

Tem que estacionar no topo do penhasco e apanhar o teleférico. A fajã fazia parte duma propriedade dos descendentes de Zarco (Quinta Grande) vendida aos jesuítas. Como Marquês de Pombal acreditava, piamente, que todos os males de Portugal eram devidos à entrada dos Jesuítas no século XVI, expulsou-os em 1759 e a fajã passou para mãos privadas.

Ao voltar para a estrada em direção à Ribeira Brava, não tarda a passar pela freguesia do Campanário (cerca de 5 km) donde encontra um belo miradouro, Miradouro do Campanário,  local ideal para testar os seus dotes fotográficos para captar a solitária estrada sobre a imensidão do oceano cintilante.

Miradouro do Campanário
Miradouro do Campanário
  • Coordenadas: 32.668116, -17.033614