Início Portugal Madeira Ilha da Madeira

Ilha da Madeira

 

 

A 600 km da costa de Marrocos, a ilha é uma região de montanhas rodeada por águas quentes do atlântico, donde surge um dos maiores promontórios do mundo (Cabo Girão). O Machico foi a primeira capital da ilha, perto da península Ponta de São Lourenço.

Funchal é a moderna capital do arquipélago, donde descobre 3 fantásticos jardins: 2 alcançados através do encantador teleférico que nos leva à freguesia Monte. No Nordeste descobre Santana, as suas casas triangulares e os dramáticos Pico Arieiro e Pico Ruivo.

O noroeste é indomável – encostas íngremes cortadas por cascatas que correm para o Atlântico;  casa de revigorantes piscinas naturais (Porto Moniz) e magníficas grutas vulcânicas (São Vicente).

 

Aeroporto

  • Coordenadas: 32.693956, -16.774952 

O atarefado Aeroporto Internacional fica a 20 minutos do Funchal ao pé da cidade de Santa Cruz. O táxi é o meio mais rápido para chegar a Funchal (custa cerca de €35).

Da capital portuguesa leva uma hora e quarenta e cinco minutos – do Porto um par de horas. Para ir para o Porto Santo,  é uma viagem de vinte minutos a partir do Aeroporto Internacional.

 

O que visitar na Ilha:

Igreja de São Salvador

  • Coordenadas: 32.688276, -16.792378

Perto do aeroporto, no centro da cidade de Santa Cruz, descortina a ancestral Igreja de São Salvador; é das mais antigas da ilha (século XV) e muito bem preservada com toques do estilo renascentista manuelino.

 

Miradouro do Cristo Rei do Garajau

  • Coordenadas: 32.638286, -16.850722

A 10 km de Santa Cruz, avista uma pequena réplica da estátua que se ergue no Rio. Foi erguida no início do século XX (é, portanto, mais idosa que Cristo Rei em Almada) sob uma vertente com magníficas vistas para o mar. Ao longo do seu passeio descobrirá mesas de merenda acompanhadas por arbustos.

 

Praia do Garajau

  • Coordenadas: 32.638372, -16.852088

Muito perto do Cristo Rei, na Ponta do Garajau, a costa termina na simpática Praia do Garajau que acede por automóvel ou teleférico (perto de três euros). A pequena praia tem vigilância no verão e um bar.

 

Funchal

  • Coordenadas: 32.646357, -16.911522

Funchal começou a ser povoado, à volta de seiscentos anos, quando fazia parte das terras da Ordem de Cristo (em Portugal foi a ordem que sucedeu aos Templários) e do seu governador – Infante Dom Henrique.

No século XVI a aristocracia do Funchal fez uma fortuna inesperada com o fabrico de açúcar e, mais tarde, com o vinho que atraiu os comerciantes que vinham de Inglaterra (século XVII).

 

Sé do Funchal

  • Coordenadas: 32.64819, -16.908251

A requintada Sé do Funchal foi construída entre século XV e XV a mando de rei D. Manuel I. Nas traseiras está a torre em espiral, testemunhas da época de ouro do império português.

Em meados do século XVI, por duas décadas, foi a maior diocese do mundo – Goa (Índia), São Tomé e Príncipe (África), São Salvador (Brasil), Angra do Heroísmo (Açores) – todas responderam à arquidiocese de Funchal.

 

Blandy’s Wine Lodge

  • Coordenadas: 32.647802, -16.910596

Por perto descortina das adegas mais idosas da cidade, Blandy’s Wine Lodge, que fica numa das ruas mais históricas da ilha por onde giraram barris até ao porto.

No seu museu pode ver uma carta de Sir Winston Churchill; um grande fã deste vinho licoroso (com dezasseis a vinte e dois porcentos de álcool).