Alentejo Baixo Alentejo Beja (Alentejo)

Beja (Alentejo)

A 1:30 de Faro (pela A2) e a 1 hora de Évora (pela IP2), é a última cidade importante a caminho do Algarve.  Numa posição estratégica de planície, aqui foi fundada uma cidade, 48 anos antes de Cristo, em honra do acordo de paz assinado entre Roma e os Lusitanos – Pax Julia.

Beja é também conhecida pelo caso de amor entre uma freira do século XVII que viveu no Convento de Nossa Senhora da Conceição, no centro da cidade. A Mariana Alcoforado apaixonou-se pelo Conde Chamilly, oficial de cavalaria francesa, e é creditada com Cinco Cartas de amor publicadas pela 1.ª vez em 1669 (Paris).

Mariana Alcoforado

O Convento é um impressionante edifício, fundado no século XV, com vários ornamentos manuelinos, com portais elaborados, pináculos e um teto decorado com balaustros. Hoje em dia o convento alberga o excelente Museu Regional de Beja (também conhecido como Museu Rainha Dona Leonor) no Largo de Conceição.

A arte da igreja, como as pinturas flamengas, estão reunidas nas galerias do claustro, mas são os sumptuosos azulejos do convento que nos chamam a atenção – paredes são cobertas com azulejos dos séculos XVII. Outro destaque é a magnífica capela rococó, adornada com querubins.

  • Coordenadas: 38.014189,-7.863503

No andar de cima encontra a pequena secção arqueológica – inscrições romanas que nos lembram a importância da Beja romana.

Muito foi encontrado em Pisões, a 7 km para sudoeste (sinalizado a partir da estrada de Aljustrel), onde paredes duma barragem romana pode ainda serem vistas assim como restos de construções rurais do I ao IV século.

Pisões
  • Coordenadas: 37.997598,-7.949273