Algarve A Oeste de Faro Loulé (Algarve)

Loulé (Algarve)

Mapa de Loulé

O centro de Loulé, a 18 km para o interior do Algarve a Norte de Faro foi, durante o império mouro almorávida e almóada uma importante cidade. 

Nesta altura, a planície alentejana era rica sobretudo em cereais e a exportação fazia-se pelos portos algarvios, o que dava vitalidade ao aparecimentos de povoações comerciais entre o Alentejo e a costa algarvia.

Durante este período a cidade Al-‘Ulya’ (Loulé) era uma povoação fortificada e próspera. Foi conquistada por Dom Afonso III (1249) com o apoio do Dom Paio Peres Correia e seus Cavaleiros da Ordem de Santiago que se encontraram no Castelo de Salir – agora ruínas.

Afonso III

A população aqui permanece, dando foral em 1267, passando a haver uma câmara e serviços permanentes e a estar sob domínios da Ordem de Santiago.

Os mouros foram remetidos para sul, dando a origem ao bairro medieval da Mouraria – já não existe mas na actual toponímia ainda se recorda a sua localização como é o caso da “Rua da Mouraria”.

  • Coordenadas: 37.1378499,-8.0238758

No local onde ficava a antiga primitiva mesquita, situa-se agora a Igreja Matriz de São Clemente, igreja gótica do século XIII. A reocupação dos lugares cultos entre culturas distintas que saem vencedoras é bastante comum.

Foi no dia que se comemora São Clemente (23 de Novembro) que as tropas cristãs conquistaram a cidade, de modo que foi erguia a Igreja de São Clemente – que foi o 3º Sucessor do Apóstolo de São Pedro em Roma.

O castelo de Loulé tem um Museu Arqueológico que abriga uma variedade de artefactos romanos, mouros e os primeiros achados portugueses em Loulé e arredores.

  • Coordenadas: 37.139624,-8.02387

A construção do castelo remonta há mais de mil anos, ao século VIII, pelo império almorávida, mas constantemente alterado e reparado pelos cristãos após a sua reconquista.

Nenhuma das torres hoje em dia remonta ao período islâmico, é um castelo renovado pelo primeiro conde de Loulé, Dom Henrique Menezes no século XV.