Início Alentejo Alentejo Central Vila Viçosa (Alentejo)

Vila Viçosa (Alentejo)

 

 

Vila Viçosa é bonita, generosa, dominada inteiramente pelo palácio – autocarros de turistas descem sobre o palácio para uma visita rápida. Fica a 30 km de Elvas  e de Estremoz e a 70 km da principal cidade alentejana: Évora (uma hora de carro pela A6).

O Palácio Ducal em Vila Viçosa foi a última residência da monarquia portuguesa – a Casa de Bragança governou até à fundação da República (1910) e descende da filha de Nuno Alvares Pereira e do filho, ilegítimo, de Dom João I.

O edifício começou a ser construído em 1501 e em meados do século XVI a fachada de mármore encontrava-se numa fase avançada – época em que eram apenas Duques de Bragança, mas uma Casa de grande poder que sobe ao trono no século XVII.

A Casa estabeleceu a sua sede em Estremoz no século XV. Com uma sumptuosa escolha de palácios – os mais famosos em Mafra, Sintra e Queluz –  sempre teve um carinho especial por Vila Viçosa. Dom Carlos passou a sua última noite aqui, antes do seu assassinato na frente ribeirinha de Lisboa.

Dom Carlos
Dom Carlos

Paço Ducal

A ampla praça, Terreiro do Paço, é a morada do Paço Ducal, que pode ser visto numa hora: a casa das armas, tesouraria e a coleção de porcelana chinesa fazem parte do complexo.

  • Coordenadas: 38.782048,-7.421519

As fotografias de família estão penduradas nas paredes e a mesa posta para o jantar: parece aguardar o retorno da realeza.

No teto da Sala dos Tudescos estão uma bela série de quatros que representam a família Bragança, começando pelo Rei Dom João I e Nuno Álvares Pereira – obra encomendada por Rei Dom João V ao italiano Domenico Duprà, o pintor real.

Após a implantação da República a família real foi proibida de entrar em Portugal até 1950 – Dom Duarte nasceu na embaixada Portuguesa (1945) em Berna (Suíça), para garantir o eventual direito de sucessão.