Portugal Madeira Funchal (Madeira)

Funchal (Madeira)

Algumas das paisagens mais espetaculares estão a uma curta distância de Funchal, nomeadamente as falésias que já podem ser vistas de Câmara de Lobos – Winston Churchill veio aqui muitas vezes para pintar o porto da vila.

Winston Churchil em Câmara de Lobos

Muitos visitantes aproximam-se do Curral das Freiras através do novo túnel, mas se usar a estrada velha passa pelo fantástico Miradouro do Curral das Freiras ao pé da Estalagem Eira do Serrado – de carro fica a 25 minutos do Funchal.

  • Coordenadas: 32.689223,-16.952053

Deixe o seu carro no parque de estacionamento ao lado da Estalagem Eira do Serrado – do miradouro terá vistas espetaculares para Curral das Freiras situado num enorme anfiteatro rodeado pelos picos altos da ilha.

Depois a estrada serpenteia, cerca de 10 minutos de carro, até Curral das Freiras  – donde refugiaram as freiras do Convento de Santa Clara (Funchal) depois do ataque de corsários franceses (1566).

Curral das Freiras
  • Coordenadas: 32.720320, -16.965374

Aqui a vida gira em torno dos cafés e bares na praça central cercado por um conjunto bonito de casas brancas. Ao lado, fica a Igreja Nossa Senhora do Livramento, erguida no século XIX para substituir o templo construído pelas freiras.

Das melhores alturas para vir aqui é nos dias 1 e 2 de novembro, durante a animada Festa da Castanha.

  • Coordenadas: 32.647829, -16.975348

A 20 minutos do porto de Funchal, o centro da vila permanece pitoresco; tradicionais casas caiadas de branco e bares ao pé do colorido porto.  Quando João Gonçalves Zarco chegou à baía de areia preta havia uma colónia de lobos marinhos (foca-monge).

É a partir desta altura que assina como João Gonçalves Zarco da Câmara de Lobos – e os seus descendentes irão manter o da Câmara. A 400 metros fica a Capela da Nossa Senhora da Conceição, a 2.ª mais antiga da ilha, com imagens do século XV.

  • Coordenadas: 32.648172, -16.975312

A poucos metros da capela, no Largo do Poço, fica o Bar Filhos do Mar, é O sítio certo para experimentar das bebidas mais tradicionais da Madeira – a Poncha.

  • Coordenadas: 32.648547, -16.975224

Os pescadores da vila inventaram a bebida para ganharem uma força extra – e que bem necessitavam no seu dia a dia. Tradicionalmente, contém aguardente de cana, sumo de limão e mel de cana de açúcar.

Outra bebida inventada em Câmara de Lobos, mas de gosto menos consensual, é a Nikita (vinho branco, cerveja branca, gelado de baunilha e açúcar – misturado até ficar cremoso).

Nikita

A 5 minutos do Largo do Poço, no topo da Rua São João de Deus fica a Igreja de São Sebastião (século XV) que na fachada apresenta o brasão de Zarco.

  • Coordenadas: 32.648669, -16.977922

Certas partes da igreja datam do século XV, embora a maioria data do século XVIII – destaca-se o altar barroco, os lustres e um teto pintado de azul-céu com nuvens. A Praia do Vigário  fica a 100 metros e é um ótimo lugar para apreciar o fim do dia.

Praia do Vigário
Praia do Vigário
  • Coordenadas: 32.649017, -16.979760

Para Oeste são 10 minutos de carro até ao Estreito de Câmara de Lobos passando por fantásticas vistas, das áreas mais importantes na produção do vinho da Madeira.

  • Coordenadas: 32.657943, -17.002929

A vila ganha vida durante o Festival de Vinho da Madeira (de 25 de agosto a 1 de setembro) com a tradicional pisa do vinho e a dança folclórica.

Cortejo Etnográfico

Noutras alturas é tranquila – a sua igreja (Igreja de Nossa Senhora da Graça) é do século XIX com vistas soberbas sobre os vales circundantes.

A cerca de 300 metros fica a falésia do Cabo Girão, das mais altas do mundo quase na vertical. João Gonçalves Zarco, na sua 1.ª exploração, fez aqui meia-volta (Girão) voltando para Funchal e por aqui perto ficava as terras do Henrique o Alemão.

  • Coordenadas: 32.656657, -17.004561

Do Miradouro do Cabo do Girão olha, com algumas vertigens, para o mar abaixo – com belas vistas em todas as direções. Os campos cultivados, que vê no sopé, são acessíveis por barco – no passado descia-se usando cordas.

De frente para miradouro há um pequeno café, com um espaço de exposição normalmente relacionado com as falésias da área.

A cerca de 10 minutos, para norte, fica o Restaurante As Vides (rua da Achada), cuja especialidade é o bolo do caco e a Espetada de Carne (carne de lombo cortada aos cubos e temperada com sal, alho e louro) em pau de louro.

  • Coordenadas: 32.670798, -16.978803

O dono do restaurante é filho do fundador da Espetada da Madeira (meados do século XX) que são acompanhadas com batata frita, salada mista, milho frito em cubos e o bolo do Caco com manteiga de alho.

  • Coordenadas: 32.667485, -17.005335

A Levada do Norte fica perto da freguesia – vai ver sinais a partir da estrada principal – a levada é um pequeno canal que direciona água do norte para o sul, do tipo introduzido pelos mouros na Al-Andalus – semelhante à acéquia levada pelos espanhóis para a América Latina.

Proporciona fantásticas caminhadas coroadas com vistas deslumbrantes. O percurso mais fácil é para sul: em direção ao Campanário (1 hora e 30 minutos) e a Quinta Grande (2 horas e 30 minutos).

  • Coordenadas: 32.657022, -17.021608

A sudoeste do Cabo Girão, 10 minutos pela estrada Padre António Dinis Henrique, encontra a Fajã dos Padres – com o seu próprio restaurante à beira-mar e uma bonita praia.

Tem que estacionar no topo do penhasco e apanhar um teleférico que balança para baixo. A fajã fazia parte duma propriedade dos descendentes de Zarco (Quinta Grande) vendida aos jesuítas.

Como Marquês de Pombal acreditava, piamente, que todos os males de Portugal eram devidos à entrada dos Jesuítas no século XVI, expulsou-os em 1759 e a fajã passou para mãos privadas.