Início Portugal Área Metropolitana de Lisboa Palmela

Palmela

Azeitão – Setúbal

Palácio da Bacalhoa

Para o interior, 15 minutos de Palmela pela N379, a campestre Azeitão (concelho de Setúbal) esconde o Palácio da Bacalhoa.

  • Coordenadas: 38.526109, -8.991652

Edificado em 1480 por Dona Beatriz, a mãe de Dom Manuel e bisneta de Dom Nuno Álvares Pereira – por algum tempo governou a ordem Militar da Ordem de Cristo.

Mais tarde, no século XVI, é pertença do filho do Afonso de Albuquerque. Dom Manuel criticou a sua negligência com a evangelização na Ásia, mas mais tarde o monarca compensou como podia o filho de Albuquerque.

Afonso foi cavaleiro de Santiago e guarda pessoal de Dom João II – missão que não dava para descansar. Como 2.º Governador da Índia Portuguesa liderou, com sucesso, diversas batalhas contra otomanos e árabes e assegurou o monopólio marítimo das especiarias.

É das figuras mais poderosas portuguesas do século XVI, e tinha um grande orgulho de ser membro da ordem de Santiago.

Afonso de Albuquerque
Afonso de Albuquerque

Não era só militar, era muito letrado, sabia latim e lia os autores clássicos. Antes de falecer ditou uma carta a pedir ao Dom Manuel para que tomasse conta do seu filho (Brás).

Hoje em dia o palácio pertence à Fundação Berardo.  A visita guiada custa de €3 e inclui conhecer o museu e uma degustação dos vinhos: aqui se produz vinhos desde 1974.

Por detrás do jardim do Bucho avista as vinhas e as três torres que são o logótipo das garrafas de vinho que é produzido aqui.

O vinho branco Catarina, é uma homenagem à portuguesa Catarina de Inglaterra (século XVII), é feito com a uva Chardonnay e Fernão-Pires.

A rainha Catarina foi quem introduziu o hábito inglês do chá das cinco, assim como o uso dos talheres e do tabaco na corte inglesa – o bairro Queens (Nova Iorque) é uma homenagem à sua pessoa.

A 500 metros do Palácio do Bacalhoa, na Urbanização Bom Pastor, descobre o Hotel Club d’Azeitao, de 4 estrelas, com estacionamento gratuito, bar e piscina.

  • Coordenadas: 38.523927, -8.997192

É muito tranquilo, quartos rústicos e espaçosos. Os funcionários são muito simpáticos e oferecem um bom pequeno almoço.

 

 

Casa Museu José Maria Da Fonseca Vinhos

  • Coordenadas: 38.518309, -9.015355

A um par de quilómetros descobre a  Casa Museu José Maria Fonseca (século XIX), restaurada pelo arquiteto Ernesto Korrodi (início do século XX), suíço com vasta obra em Leiria.

Aqui funcionou o processo de engarrafamento da empresa, e ainda pode ver a primeira linha de engarrafamento comprada em Inglaterra (1850). Pela mão de José Maria da Fonseca nasceu a empresa que vai na sétima geração.

O moscatel já existia na região, mas a empresa revolucionou o negócio e lidera a produção na região.

O Moscatel Roxo da Coleção Privada Domingo Soares Franco (enólogo e vice-presidente da empresa) é muito bom, que funciona na perfeição com camarões ou então com uma sobremesa, chocolate, enfim com doces.

O Moscatel roxo é uma uva com uma pele rosada, que produz vinhos de maior complexidade.

Para além do Moscatel, o vinho tinto Periquita (casta Castelão) tem um importante estatuto entre os vinhos portugueses.

  • Coordenadas: 38.518562, -9.014979

Junto à Casa Museu descobre o colorido Chafariz dos Pasmados (século XVIII) de estilo barroco – diz a tradição que quem beber a sua água fica para sempre ligado à terra.

A 300 metros, pela rua José Augusto Coelho, fica a pequena Pastelaria Regional Cego, aberta ao público desde 1901.

  • Coordenadas: 38.516777, -9.018378

O primeiro dono era cego e na parte de baixo da casa vendiam bolos e tortas grandes – a sua esposa era uma excelente cozinheira. Mais tarde, dedicaram-se só à pastelaria criando a pequena torta de azeitão feito à base de ovo.

Experimente também o crocante bolo mémé, uma massa filo com requeijão de ovelha fresco e com um bocadinho de doce de ovos. Ou então o Amor de Azeitão: um suspiro com uma amêndoa torrada no interior.

 

 

O que Visitar Perto de Palmela:

Para norte, de carro surge Lisboa (35 minutos pela A2 – com trânsito normal) Sintra (50 minutos pela A2 e A37) e Cascais (50 minutos pela A2 e A5).

Para noroeste tem Costa da Caparica (meia hora pela A2). Sesimbra fica a 35 minutos, para oeste, pela N379.

Para sul encontra Setúbal (10 minutos pela N252), Troia, (40 minutos usando o ferry), Alcácer do Sal (40 minutos pela A2), Grândola  (50 minutos pela A2) e Santiago do Cacém (1 hora pela A2).

Costa da Caparica

    A Costa Caparica fica a 25 minutos de Lisboa donde, nos calorosos fins de semana de verão, se reúnem milhares de turistas. Faz parte...

Setúbal

    No fundo dum vale, encostado à enigmática serra de Arrábida, eis que surge Setúbal. No horizonte sempre presente está a imensa faixa de areia...

Sesimbra

    Sesimbra fica a 40 km de Lisboa no extremo da Península de Setúbal - é dos espaços mais preciosos do litoral português. Muita gente...

Troia

    A península de Troia (Grândola), banhada pelo Sado e pelo Atlântico, tem como cartão de visita ininterruptas praias que espreitam para a Serra da...

Alcácer do Sal (Alentejo)

É dos portos mais antigos de Portugal, fundada por fenícios e foi uma capital regional sob os mouros – daí o seu nome (al-Ksar, a cidade).