Açores Grupo Central Ilha da Graciosa (Açores)

Ilha da Graciosa (Açores)

Igreja da Nossa Senhora da Luz

  • Coordenadas: 39.021211, -27.989053

O centro populacional da freguesia da Luz fica a 3 km para Noroeste donde encontra a bela igreja paroquial Igreja Nossa Senhora da Luz, século XVIII, substituindo a mais antiga que foi arruinada pela crise sísmica de 1717 e, de novo, pelo terramoto de 1730.

A população aqui permaneceu e faziam as missas sob as ruínas da igreja até poder ser construída uma nova. Em 1980, a atual igreja foi vítima dum terramoto (como toda a freguesia). Com a típica resiliência açoriana foi restaurada.

  • Coordenadas: 39.021719, -27.989730

A cerca de 100 metros encontra o Império do Divino Espírito Santo da Luz. Como todas as ilhas dos Açores, a Ilha Graciosa celebra as Festividades do Divino Espírito Santo, de maio a setembro.

 

 

A melhor e mais facilmente acessível é a estrada principal que contorna a Serra Branca, seguindo a costa sul, entre Luz e Ribeirinha. Num dia claro avista Pico, São Jorge, Faial e Terceira.

 

Quando menos esperámos, o mais surpreendente ainda está por vir; a cerca de 20 minutos de carro da freguesia da Luz (11 km), no Porto Afonso vive-se uma atmosfera singular, deslumbrante. Transporta-nos para outros tempos; arribas escarpadas de tonalidade encarnada (escórias de bagacina) que contrastam com a serenidade do mar.

  • Coordenadas: 39.066163, -28.067575

O cais, tipicamente usado para pesca, é reaproveitado no verão como zona balnear. Ao passar pela área, avista as grutas naturais usadas como abrigo para os barcos de pesca.

No passado, este era o local predileto do desembarque de piratas e corsários – em 1623 oito embarcações que vinham da Argélia desembarcam aqui, desencadeando um inevitável confronto entre os piratas da Barbária e os moradores da ilha.

O combate ocorreu perto da Ermida da Nossa Senhora da Vitória (a cerca de 2 km para Norte), que celebra local da vitória dos Graciocenses e na sua proximidade se encontra sepultado o líder dos piratas.

Ermida da Nossa Senhora da Vitória
  • Coordenadas: 39.078280, -28.058236

Todavia o Capitão Pedro Cunha Ávila, natural da ilha, foi aprisionado e transportado para Argélia. Mais tarde será paga a sua liberdade, mas antes de voltar ao conforto da ilha, andou a pedir esmolas em Lisboa para adquirir uma imagem da Nossa Senhora da Vitória. Quando finalmente chegou à Graciosa participou na construção da ermida.

 

A cerca de 2,5 km para Nordeste fica a Ponta da Barca, com o seu farol (1930) de um só piso e uma torre cilíndrica com 23 metros de altura. Ao lado do farol está o Ilhéu da Baleia, assim denominado por se assemelhar como uma gigantesca baleia ancorada à beira-mar. Ambos proporcionam excelentes momentos fotográficos.

  • Coordenadas: 39.094085,-28.049575

Se continuar pela estrada, Santa Cruz fica a apenas a 5 km, passando pela área que anteriormente era a principal área de vinhas e o trecho litoral que é a popular zona balnear Barro Vermelho.

 

O que visitar perto de Graciosa:

Graciosa faz parte do grupo central dos Açores: com São Jorge, Terceira, Pico e Faial.

Existem regulares ligações aéreas entre o aeródromo de Graciosa e a Aerogare da Praia da Vitória na Ilha Terceira (meia hora de viagem) – da Terceira tem ligações regulares com restantes ilhas.

Entre fins de maio e setembro, a partir da Vila da Praia tem ligações marítimas com as restantes ilhas açorianas (ver mais em Atlânticoline):

Ilha de São Jorge (Açores)

Numa lua cheia, o canal de frente ao Pico reflete e brilha, enquanto o grande cume do Pico maciço oferece o restante cenário cinematográfico.

Ilha Terceira (Açores)

A Ilha Terceira é conhecida por duas coisas: a base americana aérea nas Lajes e pela a Angra do Heroísmo que é Património histórico Mundial da UNESCO. É um pouco injusto porque há muito mais por descobrir.

Ilha do Pico (Açores)

A segunda maior ilha dos Açores tem algo para todos. Explorar as terras altas da ilha e apreciar o cenário de padrões de nuvens em torno da montanha é motivo suficiente para vir à ilha do Pico.

Ilha do Faial (Açores)

A pitoresca Horta tem um importante porto e a cidade domina a ilha, onde a História está sempre presente: nas ruas e edifícios antigos, e com o Pico imperiosamente presente no canal .